segunda-feira, 7 de fevereiro de 2011

So clap your hands if your working to hard ♪


   OOI pessoal :D   Voltei-me rs.
   Hoje preparei uma crítica bem legal e espero que todos gostem :)
   Creio que muitas pessoas já ouviram falar da banda inglesa The Ting Tings, mas quem não conhece, passará a conhecer agora.
Muitos pensavam que a banda tinha acabado, ou “dado um tempo” pra música. Mas não, depois do ótimo trabalho em 2008 com We started Nothing, a banda volta em 2010 com o álbum Kunst.
   Como vocês podem perceber, estamos em 2011 [/óóóh] e o álbum foi lançado ano passado. Muitos podem perguntar, porque está falando deles logo agora ‘-‘ . E eu respondo: Não sei. Na verdade, eu nem sabia que eles tinham voltado, éé desculpas por isso. Fui saber esse ano, mas exatamente semana passada. Estava eu trocando de canal, até que parei na multshow e estava passando Hands, o último single deles. E parei pra ver. Achei incrível a idéia do clipe, apesar de ser um clipe simples, trás uma bonita mensagem. Então vamos ao clipe.
   Ele não é bem atual, apareceu pela primeira vez 5 de setembro  na web. Dá pra perceber que não é bem atual. Foi dirigido por Warren Fu e produzido por Calvin Harris. O single é marcado por um ritmo bem electro dance. Super discoteca talz :D
   O clipe foi filmado em Berlim, onde a banda emigrou-se para lá após o 1º álbum. Foi inspirado num filme que eu gosto muito, 1984, e é lógico o clipe é todos anos 80 #porquené. E é do livro que vou falar agora, só algumas curiosidades.
   O livro descreve uma sociedade totalmente manipuladora e controladora, a todos os níveis e, principalmente, o emocional e intelectual. Todos são vigiados por câmeras que entram nas casas dando ordens e uma total vigilância. E caso não cumprissem nada seriam todos torturados.
   Isso tudo não lembra a época dos Regimes Totalitários? A face de Hitler me veio em mente, Berlim – Hitler, Alemanha – Nazismo.
   Ah! E foi desse livro que se inspirou o conhecidíssimo Big Brother.
   Agora voltando ao clipe.
   Um cenário escuro, representado o interior das fábricas, sujas e fedorentas, sem nenhuma condição de trabalho.


   Protagonizando o clipe, temos 2 operários que são totalmente explorados e trabalham abusivas horas de serviço para míseros salários, acho que nem salário era, tudo isso com as mãos, já que na época a tecnologia não era tão avançada e, ao invés das máquinas, o trabalho era manual. Os pobres trabalhadores são vigiados por um CGI (imagens geradas por computador) robô que nada mais é do que o olho da providência, ou o olho que tudo vê símbolo forte na maçonaria que, por muitos membros maçons antigamente e até hoje serem católicos e acreditarem em Deus, acreditas-se que é Ele olhando (onisciente e onipotente) e o triângulo é a representação da Trindade Santa. Eu não acredito muito nessa história não, acredito mais na do Inimigo. Olho que tudo vê, esse seria o inimigo dos operários que controla tudo o que eles fazem e devem cumprir suas ordens. Sim esse olho é o olho do patrão do chefe, que muitas vezes é um homem (ou mulher) ardiloso, cruel e só pensa em enriquecer-se nas custas dos outros, da classe inferior trabalhadora. Não que a classe pobre seja inferior, mas ela é considerada por eles a inferior. E isso é errado, pois somos todos humanos, cidadãos, irmãos em Cristo e não devemos humilhar e pisar em cima deles que tanto sofrem para obter o pão de cada dia.
   Sim esses são as pessoas que sustentam o país; os trabalhadores, classe não-valorizada, mas a super importante para o Mundo. E para acabar com toda essa vigilância, Katie arremessa seu microfone no robô controlador e o destrói. Assim, todos os trabalhadores podem agora ser livres e esses dois operários, podem fugir e, ao saírem, veem um cenário perfeito, uma praia em um planeta fantasia.
   Que interessante né, os trabalhadores que estavam acostumados com um ambiente horrível, quando saem enxergam um Mundo mágico, bem diferente do que eles viviam.
E para fechar o post com chave de ouro, vamos todos, bater as palmas e nos livrar de um Mundo controlador e sermos felizes. So, clap your hands  for a better Word!





The Ting Tings - Hands (Official Music Video)

Gabriel Almeida

8 comentários:

  1. Bah, bom mesmo, vou ouvir mais =]

    bjos
    http://sverbal.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  2. Adoro The Ting Things e já havia visto o clipe...
    O trabalho realmente é muito bom... bem bolado ...
    E eu gostei deste single deles!

    ;D

    ResponderExcluir
  3. PREFIRO THAT'S NOT MY NAME!²

    Estou te seguindo. Blog interessante! Visita o meu: http://mysteriesclouds.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  4. Olá! No momento estou apenas te seguindo, mas prometo voltar e comentar em breve suas postagens!Agradeceria se seguisse o meu blog, assim criamos um vínculo que facilite a divulgação de ambos os blogs! passa lá?
    http://medicinepractises.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  5. That's not my name é super legal, a minha preferida é Shut up and let me go!

    ResponderExcluir
  6. Pessoal, agradeçemos imensamente os comentários *-*
    The Ting Tings é uma ótima banda, e eles não ficariam fora do blog!
    Voltem Sempre :D

    ResponderExcluir

Olá internautas!
Por favor, ao comentar no blog, comente algo instrutivo. Não diga qualqer coisa que foi pensada ligeiramente. Use sua inteligência de ser humano, você é capaz.
E Volte Sempre!

 
Copyright 2012 Tensitude Máxima. Powered by Blogger
Blogger by Blogger Templates and Images by Wpthemescreator
Personal Blogger Templates